OU
???
Fotos: Vagner Rosa/Território Gonçalense

     Venho acompanhando as postagens do meu amigo Vagner Rosa no Território Gonçalense sobre a Praça da Bíblia/Praça Chico Mendes, e estou muito feliz de saber que o povo está tão forte para exigir que seja mantida a homenagem ao Líder Seringueiro Chico Mendes, que morreu assassinado por lutar pela nossa Amazônia.

     Também fico feliz da prefeitura querer homenagear os cristãos, entretanto, sabemos que a prefeita foi eleita para representar as pessoas de todas as crenças. O museu da Umbanda está parado sem que ninguém fale mais nada, além disso, não vejo projeto para homenagear Judeus, Kardecistas, Candomblecistas, e nenhum outro membro de outra fé ou ateus e agnósticos.

     A prefeita Aparecida Panisset não possui o direito de fazer distinção de religião, pois nós como humanos somente temos direito ao livre-arbítrio, inclusive na escolha da fé e até mesmo em querer não ter fé. A bíblia deixa claro no Evangelho de Mateus 7:1-4 dizendo: "Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo que julgais, sereis julgados, e com a medida com que medis vos medirão a vós. E porque vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu?". A bíblia também ensina que devemos amar ao próximo como amamos a nós mesmos, pois o próximo também é filho de Deus e nosso irmão, sendo assim, devemos respeitar mesmo descordando e acolher quando for preciso.

     Logo, de qualquer fé que sejamos, somos seres que erram e não temos autonomia nenhuma para julgar e fazer com que uns tenham mais benefícios que os outros por distinção religiosa.Quem deve fazer isso é Deus e o papel da prefeitura é somente fazer com que todos os cidadãos de qualquer opinião religiosa, etnia, altura, peso, classe social e beleza física convivam em harmonia.

     Para terminar, vou deixar um recadinho para a prefeita Aparecida Panisset:

     Prefeita, como cristã, a senhora precisa ler mais a Bíblia Sagrada, e por favor não apague da vida de nossa cidade o homem que mais lutou pelo verde de nossas matas, pois a vida dele é um exemplo para toda a humanidade, uma vida focada no respeito à natureza.

5 comentários:

  1. Prezado amigo Rafael, parabéns pelo texto: está excelente!!!

    Eu estou apurando para saber qual é a real intenção da Prefeitura em deixar duas placas diferentes no mesmo canteiro de obras.

    Publiquei um post hoje no Território Gonçalense sobre o seu artigo.

    Valeu pelo apoio!!!

    Grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  2. Prof. Josemar PSOL1 de março de 2012 19:49

    Parabéns pelo texto!
    O Chico Mendes já foi vitima dos madereiros do Acre, agora não poderá ser vitima da "Inquisição pós-moderna" instalada na Prefeitura de São Gonçalo.
    ABAIXO A SEGREGAÇÃO RELIGIOSA!
    Um forte abraço,
    Prof. Josemar

    ResponderExcluir
  3. Olá, Rafael! Seu texto está excelente mesmo. Podemos lembrar, ainda, que homenagear Chico Mendes é prestar uma homenagem a um dos homens que mais lutaram pela preservação da criação divina: a natureza! Parabéns!

    Como acréscimo de informação, vale lembrar que os kardecistas (melhor chamar de espíritas... rs) são cristãos também e estudam a bíblia, tanto quanto católicos e protestantes.

    Parabéns mais uma vez!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado pelos comentários!

    Eduardo Lima, minha mãe é kardecista e é verdade que são cristãos, mas separei porque o principal livro de estudo é o Evangelho de Allan Kardec, e a bíblia depois. Mas muito obrigado pelo seu acréscimo enriquecedor!

    ResponderExcluir
  5. Prezado Rafael Dia, hoje (20 de março) é Dia do Blogueiro. Parabéns!!!

    Que a blogosfera gonçalense possa se consolidar cada vez mais.

    Grande abraço!

    Vagner Rosa
    Blog Território Gonçalense

    ResponderExcluir